Por que você deve começar a poupar HOJE? - RUMOS

Quando recebemos um pagamento é comum que, ao invés de pensarmos em guardar uma parcela, a gente gaste mais do que é o essencial para o nosso dia a dia só pelo prazer momentâneo da compra.

Mas, se pararmos para pensar por alguns minutos, percebemos que essa não é uma atitude inteligente porque a falta de uma reserva financeira pode ser um grande problema. Dinheiro guardado e bem investido é sinônimo de mais qualidade de vida, menos stress e realização de grandes projetos de vida. Os benefícios são claros, mas os brasileiros não têm o hábito de poupar.

Segundo um levantamento do Instituto Axxus, com parceria da Unicamp e a Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin), 80% dos brasileiros não conseguem poupar para investir. Os outros 20% aplicam mensalmente as sobras do salário em algum fundo ou economizam somente nos meses em que sobra alguma quantia no final do mês.

É claro que as dificuldades financeiras e os desafios do cotidiano adiam a tomada de decisão, mas há também uma questão cultural. O educador financeiro André Bona, que mantém um site e um canal no YouTube sobre educação financeira, lembra que vivemos em uma era na qual a felicidade está atrelada com o ato de consumir. “Poucos percebem que essa sensação boa é enganadora e de pouca duração. E complementa explicando que “aprender hábitos de consumo consciente não só ajuda seu bolso, mas também a natureza e a sociedade como um todo. Aprender que menos é mais é libertador.”

Mas, como começar a mudar e começar a dispor de uma quantia mensal para poupar? Não é uma tarefa fácil, mas seguem aqui algumas dicas.

Controle seus gastos
Crie uma planilha com todos os seus gastos para ver o quanto realmente é necessário por mês. Depois, veja qual a quantia que não influenciaria no seu estilo de vida. Indicar os itens por prioridade pode te ajudar ainda mais a listar os gastos desnecessários que podem ir direto para uma poupança no fim do mês. Ninguém melhor do que você para entender o quanto pode separar por mês e quando estiver anotando tudo, vai conseguir visualizar e controlar melhor suas despesas.

Desafio das 52 semanas
Ele funciona da seguinte forma: cada semana você separa um valor, e ele vai aumentando gradativamente até você alcançar seu objetivo. Você pode começar com qualquer valor, o importante é entender que ele é contínuo e você tem que segui-lo até acabarem as 52 semanas. É um ótimo método para controlar seu dinheiro e analisar seus limites.

Organize seus pagamentos 
Tente estabelecer uma ou duas datas por mês para pagar todas as suas contas fixas. Assim fica bem mais fácil se organizar e ter ideia de qual parte pode reservar para sua poupança.

Crie prazos para os seus objetivos
Você quer trocar de carro? Fazer uma viagem? Daqui quanto tempo? Quando as metas têm data ficamos mais motivados para cumpri-las no prazo.

A RUMOS está aqui para te ajudar com informações e orientações para você dedicar um tempo no seu planejamento financeiro. Clique aqui e confira nossos conteúdos.

x