Vantagens da Portabilidade para a RUMOS - RUMOS

A portabilidade é opção de trazer recursos de outros planos de previdência para a RUMOS. Esse recurso está disponível para os participantes ativos, ou seja, aqueles que estão trabalhando para as empresas patrocinadoras no momento. Desde 2016, 80 participantes optaram por portar os seus recursos para a RUMOS, totalizando mais de R$ 15 milhões em recursos recebidos.

Para realizar a portabilidade, é necessário que o participante tenha um outro plano de previdência, do tipo PGBL ou de uma Entidade Fechada de Previdência Complementar.

 

Quais as vantagens da portabilidade para os planos RUMOS?
Simplificação:  o participante deixa todos os recursos destinados para o momento da aposentadoria alocados em um mesmo lugar, o que facilita o monitoramento e solicitações de benefício, por exemplo.

Taxas: as taxas cobradas pela RUMOS são muito competitivas, se comparadas às do mercado. Isso a longo prazo faz grande diferença para a poupança destinada à aposentadoria. Clique aqui para conferir.

IR: não há incidência do Imposto de Renda no momento da portabilidade.

 

Liquidez
É importante ficar atento às questões de liquidez. Quando você porta seus recursos para a RUMOS, só volta a ter acesso a eles ao se desligar da empresa patrocinadora. Antes do desligamento, não é possível portar esses valores novamente, resgatar para a conta-corrente ou solicitar o recebimento de um benefício. Se, por um lado, essa restrição pode ser vista como negativa, pois o dinheiro fica preso, por outro lado ajuda a proteger o montante contra as tentações de gastos mais imediatos, preservando o recurso para o momento da aposentadoria.

 

Regime de tributação
Como regra geral, não é possível alterar o regime de tributação escolhido no plano de origem, seja ele regressivo ou progressivo. Mas existe uma exceção, a depender da opção realizada no plano de origem e da feita na própria RUMOS. Para verificar se a mudança seria possível no seu caso, contate o nosso atendimento.

x